quinta-feira, 23 de março de 2017

Odeio te tanto...Gosto tanto de ti

Odeio mais do que tudo nesta vida.
Tirás te tudo o que tinha.
Odeio te.
Ás vezes só te quero matar.
No entanto...
Amo-te!
Mais do que a primeira vez
Mais do que a segunda vez
Que te vi.
Porquê é que tinhas que ser a pessoa
Que mais me faz feliz e infeliz?
Explica-te.
Não dizes nada?
O gato comeu-te a língua?
Gosto tanto de ti.
Odeio te tanto ao mesmo tempo.
Porquê?
Porquê que vida tem de ser controversa?
Amo-te!
Odeio te!
*Beijinhos da Invisível*