sexta-feira, 31 de julho de 2015

Quem é a pessoa mais importante para ti?

Recentemente desde que tive uma conversa com a minha irmã e também devido a várias situações que se passaram, apercebi-me  que apesar de tudo a pessoa que me faz mais falta é a minha mãe.
Cada vez que me sentia triste ou sinto-me é ela que eu quero abraçar.
Sempre fui muito menina da mama porque cada vez que alguma coisa corria mal, se eu pensasse nela desmanchava-me a chorar.Isso ainda acontece nos dias de hoje. 
Tenho um sentimento parecido para com a minha avó que se eu estiver triste eu não quero que ela saiba, porque eu vou ficar pior e para também não a preocupar.
Por isso qualquer que seja a pessoa que te mais faça falta, cuida bem dela porque ela não vai durar para sempre.
Vou tentar seguir mais arrisca o meu conselho kkkk.
*BJF*

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Gozaste com a sua cara



Gozaste com a sua cara
Apercebendo se  ela disto tarde de mais.
Espero que tenhas gostado.
Porque lhe fizeste muito mal.
Mas existe o Karma.
Um dia vai te acontecer o mesmo.
 Quando esse dia chegar
Ela espera que gostes tanto
Como gostaste à uns anos atrás
De gozar com alguém que nunca
Te tinha feito mal nenhum
Nem a ninguém.

sábado, 25 de julho de 2015

Tatuagens e piercings


Olá todos!
Hoje venho abordar um assunto que eu já falei anteriormente mas era sobre mim e o que queria fazer na altura e essas coisas.
Desta vez venho dar a minha opinião em relação a este assunto.
Vamos começar pelos os piercings. Eu gosto dos piercings, depende é do sitio que se faça, da pessoa e do tipo de piercing. Eu adoro piercings nas orelhas, como aquele  que eu tenho, gosto de piercings nas orelhas pequenos, delicados e bonitos, como argolas na cartilagem da orelha por exemplo, entre outros. Agora piercings demasiados grandes como os alargadores, acho horrível, mesmo que seja pequeno. Piercings no nariz, língua, mamilos, vagina, cara...também não gosto.
O problema é que os piercings ainda são muito discriminados, em excesso acho que é normal as pessoas não gostarem, porque é diferente e feio, mas um simples piercing na orelha às vezes até fica muito bem.
Quanto às tatuagens existe também muita discriminação como devem saber. Na minha opinião existe tatuagens muito más mesmo. Odeio pessoas com o corpo todo tatuado, ou com tatuagens demasiado grandes.As tatuagens por exemplo femininas devem ser delicadas, pequenas, mas existem tatuagens maiores como eu já vi também muito bonitas. Acho que as mulheres até são mais postas de parte por causa das tatuagens do que os homens. 
O problema grande é no emprego. Eu quero fazer algumas tatuagens ( tenho que primeiro fazer a primeira e depois logo se vê) , mas tenho que ter cuidado nos sítios que faço, como ainda não tenho emprego e não sei as restrições mais vale prevenir do que remediar.
Hoje foi isto.
*Bjf*

sábado, 18 de julho de 2015

quarta-feira, 15 de julho de 2015

A história dela...




Ela sempre esteve concentrada na sua vida escolar, com as suas amizades, na sua família… mas sempre sentia que alguma coisa lhe faltava.
Para esta rapariga o seu maior problema era a sua timidez.
Muitas vezes, ela via frases do género “ Timidez é uma coisa, falta de atitude é outra”. Ela sentia-se ofendida porque a sua timidez fazia com que muita coisa na sua vida não acontece-se.
Uma coisa tão simples como as amizades, para ela eram muito difíceis de começar, quanto mais manter, principalmente com rapazes. Desde que se lembra nunca teve um amigo rapaz, um confidente, como tinha as suas amigas que eram poucas, mas era aquilo que tinha e que não sentia obrigada a mais.
Ela tinha muitos sonhos como viajar, ter um namorado. Atualmente esta tem 17 anos e nunca teve uma relação amorosa, o que a deixava por vezes quando se tocava nesse assunto, um pouco desconfortável. Quando lhe perguntam: “ Quantos namorados tiveste?” , ela sente-se sempre um bocado mal e responde: “ Dois ou três.”

Às vezes sentia-se triste porque gostava de ter um namorado e de fazer coisas simples como: andar de mãos dadas, que ele lhe mandasse SMS a dizer: Bom dia amor,  de encostar a cabeça no ombro dele, dar risadas sinceras e divertidas como aquelas que dava com as suas amigas ou com a sua família por vezes, beijá-lo…Coisas simples, habituais e divertidas que ela não teve e pensa que nunca  terá…
Este texto é verídico e quando o escrevi pensei e disse: Esta rapariga preocupa-se demasiado com o seu lado amoroso, mas também percebo o seu lado. Para uma rapariga como também para um rapaz existe sempre uma suposta idade que se deve dar o primeiro beijo ( de preferência quando ambos brincam com bonecos) e também para perder a virgindade.
Mas somos todos diferentes e se um dia é para acontecer alguma coisa de mau ou de bom na vida de alguém, não será a nossa timidez ou outra coisa qualquer a impedir. 
*Beijinhos fofos*

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Nova musica da Demi Lovato.

Do you like?
I like so muchhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!!!!!!!

Amores que não dão!!!!!!!!!!!




Uma coisa que eu reparo já à muito tempo nas músicas, é que quando o tema principal é amor é quase sempre em relação a namorados, ou ex-namorados e como é óbvio também são sobre as suas historias boas e más e coisas do género.
Venho criticar porque estas nunca falam de amores que não são correspondidos, ou se falam eu nunca oiço.
Na minha vida nunca tive um amor correspondido, por isso quando a altura chegar não sei se vai correr muito bem. Mas o ser humano está sempre aprender com as situações da vida, quer sejam boas, quer sejam más.
Quando escrevi o poema sobre a minha história do 9ºano apesar de ser triste, fiquei contente por escrever sobre aquele assunto, porque não são muitos os textos que vejo em relação a amores que não são correspondidos e ele ou ela sofre.
*Beijinhos fofos*

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Música



Eu simplesmente amo música e tu?
Quando eu era mais nova não vivia sem televisão, agora não vivo sem o meu mp3.
Adoro musicas pesadas, que tenham sentimento, também gosto das mais descontraídas. Apesar da minha cantora preferida ser uma cantora principalmente de pop Selena Gomez, acho que já gostei mais deste género de música, mas mesmo assim as músicas dela é sempre aquela cena especial.
Quando estou em casa sozinha são raras as vezes que eu não vá buscar o meu mp3 e comece a ouvir música e muitas destas vezes ou fico sentada simplesmente a olhar para o espelho ou outras vezes( a maior parte) começo a dançar à frente do espelho…Depende do meu estado de espírito. Quem nunca dançou à frente do espelho?
A música é algo que as pessoas podem gostar, sem perceberem, como eu também já tinha dito num post anterior a este.
Ouvir música e dançar são das melhores coisas, faz bem ao corpo e à mente.

*Beijinhos fofos*

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Algumas questões...


Sou eu que estou errada ou são os outros?

Porquê que os outros pensam que tem razão se sou eu que a tenho?

Porquê que tenho tantos porquês na minha mente?

Será que o amor existe? Ou é só mais uma maneira de o ser humano se sentir melhor consigo mesmo?

Porquê que quando uma pessoa se sente amada e ama se sente melhor consigo mesma do que uma pessoa solitária?

Porquê que os jovens de hoje em dia vivem tanto nas tecnologias, redes sociais, mensagens e não vivem a vida na realidade?

Como é que tudo começou afinal? E a mais importante… Porquê que começou?

São algumas perguntas que uma jovem tem e certamente não será a única a tê-las.


quinta-feira, 2 de julho de 2015

O atentado na Tunísia.



Hoje venho tratar dum assunto que se tem falado nos últimos dias :
O ataque terrorista na Tunísia.
Pelo  que eu ouvi nas noticias, morreu alguns turistas , incluindo uma portuguesa de 76 anos que estava agora a recomeçar uma nova vida depois da morte do seu falecido marido que aconteceu em 2013, este era um importante arquitecto no Porto.
O que também constou nas noticias é que este tipo de ataques, para quem não sabe são feitos com mais uma finalidade para além da dita religião, que é acabar com as fontes de dinheiro, ou seja, de rendimento dum pais e com este ataque o turismo na Tunísia vai ficar um bocado parado nos próximos anos.
De qualquer modo, a religião não é desculpa para ataques terroristas, muito menos para matar pessoas inocentes. Tenho a certeza absoluta que no Alcorão não está a dizer para matar pessoas e muito menos que os conhecidos bombistas suicidas ao arrebentarem com que tem que arrebentar ( incluindo os seus miolos) não vão para o paraíso e muito menos tem X virgens à sua espera.
Como se pode comprovar até os terroristas, são como os homens propriamente normais, pensam todos com a cabeça de baixo.

Resumindo e concluindo, esta gente quer espalhar o pânico. Se fossem para um sitio próprio para se tratarem é que faziam um bem ao mundo, e isto seria o menos como é previsível dizer.