terça-feira, 15 de agosto de 2017

Novo capítulo

alternative, believe, and car image
Olá mirrors tudo bem?
Tenho uma novidade para vos contar.
Ontem foi o meu primeiro dia no voluntariado.
Vou começar a ir todas as quartas a partir de agora, se Deus quiser.
Aquilo é um pouco... eu não sei explicar.
Eu sou voluntaria na parte dos gatos, mas tenho que passar pela parte dos cães.
Aquilo não cheira propriamente bem e eles são um pouco assustadores.
A minha primeira experiencia?
Acho que não foi má de todo para ser sincera.
Espero ter vezes melhor, tanto que fui acompanhada pela irmã que já é voluntaria de lá,desde Dezembro.
Só quero que me corra tudo bem.
Em breve vou começar a faculdade.
Só espero não ter feito a escolha errada.
É isto meus amores.
*Beijinhos da Invisível chique*

domingo, 13 de agosto de 2017

O que me custa mais?

Superthumb
O que me custa mais?
Um pouco de tudo.
A falta das mensagens.
A falta de uma pessoa que era companheira para comigo.
A saudade.
E o pior de tudo.
A traição.
Porquê?
Porquê que me fizeste isto?
Não percebo.
Eu amava-te tanto.
Fazia tudo por ti.
Em troca fazes o que me fizeste.
Vou começar um novo capitulo na minha vida, que espero que me corra melhor.
Talvez um dia te arrependas, ou não.
Nunca mais iremos falar.
É a vida.
Tenho muita pena mesmo.
*Beijinhos da Invisível*

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Provas de secundário

Olá mirrors  tudo bem?
Hoje vou fazer o meu exame de português.
Supostamente houve uma fuga de informação.
Sinceramente, acho q é falsa. O Iave não deixa sair informações.
Para via das dúvidas fui ver o que estava escrito na fuga e dei especial atenção. No entanto, nunca confiando de mais.
Esta sexta também vou fazer o meu exame de matemática.
Ontem, tive a fazer contas. Para ter a mínima possibilidade de entrar aqui no politécnico à noite preciso de ter 12,5 no exame. Espero conseguir mais, mas este ano letivo não correu lá muito bem.
Vamos ver...
Pronto, agora vou-me embora.
Ainda quero ver umas coisas antes de sair.
*Beijinhos da Invisível*

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Trabalhar no verão? Doar sangue?

Olá mirrors tudo bem?
Eu hoje trago um texto mais pessoal.
Brevemente gostava de escrever um texto mais criativo.
Vamos prosseguir...
Hoje tive um dia bastante ocupado.
Fui a uma empresa, que a minha mãe quando era mais nova se inscreveu para trabalhar. Fui aí que ela começou a fazer trabalhos mais a sério.
Fui com o objetivo de me chamarem alguma vez no verão para ganhar experiência e dinheiro.
Durante a faculdade vou tentar trabalhar aqui ao pé de casa na Telepizza.
Ganha se pouco mas ganha-se...
Outra novidade é...
Sou a nova dadora oficial de sangue.
Já alguns anos que eu ando a pensar se devo ser dadora ou não. 
Hoje pelos vistos foi o dia que a coisa se deu.
Como foi a experiencia? Demorada. Demora-se mais a fazer pressão no braço do que a dádiva em si.
Para além de te impingirem comida kkk
O que custa mais é a parte da agulha. Vê-la... Q dó!
Já se passou.
Por hoje é isto.
Espero que tenham gostado.
*Beijinhos da Invisível*

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Músicas do momento para mim

Olá mirrors.
Já algum tempo que não escrevo no blog.
O post de hoje vai ser sobre as músicas que tenho ouvido mais nos últimos tempos.
Espero que gostem.




E por fim... Deixei a melhor para o fim mirrors...



sexta-feira, 5 de maio de 2017

girl

Mais uma vez a história repete-se.
Sempre a mesma coisa.
Não é cansativo sempre a mesma rotina?
O problema é que é uma rotina contra o meu ser.
É uma rotina que eu nem vou dizer a palavra que me surge na alma.
Porque se eu dissesse...
Se eu dissesse...
Eu não tenho palavras que possam exprimir aquilo que estou a sentir agora mesmo.
Não sinto já tanta revolta.
Porque se trata de outro dia.
Infelizmente já aconteceram muitas coisas más entretanto...
Fúria, Calma, Alegria, Tristeza...
Tudo o que uma pessoa pode sentir com grande intensidade num dado momento
Mas depois...
Tudo passa...
Tal como a vida...
Muitas vezes por entre os nossos dedos.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Odeio te tanto...Gosto tanto de ti

Odeio mais do que tudo nesta vida.
Tirás te tudo o que tinha.
Odeio te.
Ás vezes só te quero matar.
No entanto...
Amo-te!
Mais do que a primeira vez
Mais do que a segunda vez
Que te vi.
Porquê é que tinhas que ser a pessoa
Que mais me faz feliz e infeliz?
Explica-te.
Não dizes nada?
O gato comeu-te a língua?
Gosto tanto de ti.
Odeio te tanto ao mesmo tempo.
Porquê?
Porquê que vida tem de ser controversa?
Amo-te!
Odeio te!
*Beijinhos da Invisível*